Ela é só dela.

Ela é aquele tipo de mulher que esbanja autenticidade, tudo que faz tem sua própria personalidade, sua essência.

Ela é caos, é calmaria, frio intenso e calor de matar, tudo na mesma mulher. Ela chora de tanto rir e ri depois de uma noite inteira chorando. Ela chega em casa cansada, mas não deixa de cumprir suas tarefas.

Ela ama intensamente, mas ela também desiste de correr atrás se não for valorizada. Ela não precisa de uma companhia no happy hour como você imagina. Ela é sozinha e se basta.

Ela não precisa do seu preconceito, ela não precisa da sua violência, ela não quer ser uma vítima de assédio… entenda, mulheres não são máquinas criadas para atender às expectativas de uma sociedade machista e patriarcal. Mulheres não foram feitas para passar o resto da vida fazendo faxina de domingo a domingo.

Ela é única, de verdade, de carne e osso, têm sentimentos como angústia, ansiedade, transtornos psicológicos e crises existenciais. Ela se abala quando você diz que lugar de mulher é na cozinha, que mulher não serve pra trabalhar em determinado lugar, que mulher tem que saber cozinhar e etc senão não serve para casar… Nenhuma mulher veio ao mundo com a missão de provar nada para ninguém, mas já que isso está sendo tão necessário, provaremos que somos muito mais que “belas, recatadas e do lar”.

Ela é só dela, e ninguém vai tirar esse direito.

Março, mês das mulheres.

Respeite-as!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s